quinta-feira, outubro 23, 2008

O que realmente faz um copy?

O horário legal é das 9h às 18h, quando tudo corre bem e não fico na agência, até às tantas, só com a dupla e a vaga noção que podemos ser assaltados. "Dupla? Trabalham em dupla? Tipo circo? Hummm..."

Viram, vizinhos?
Não sou uma mulher da vida. Eu quando venho tarde para casa, com cabelos desgrenhados, maquilhagem desbotada é porque estive, mesmo a trabalhar, isto é, a pensar... em cenas.

Explicar que sou copy ou redactora a uma pessoa que acha que a publicidade é uma coisa que nasce como as batatas, é muito estranho. Nunca sentiram que vos olham de lado tipo: "Mas pagam-te para pensares e escreveres umas frases? Deves ter ido para a cama com alguém importante, deves...".

Como dizia o meu avô: "Então vais tirar um curso de publicidades? Para quê? Eu mudo de canal quando dão os reclames...." Tssss....

Agora vou pensar... para depois escrever um headline bonito, bonito!

6 Comments:

Blogger S. said...

Bonito, bonito... é dar razão a quem to tem dito.

3:08 da tarde  
Blogger bruno said...

Às vezes fico com a impressão que, na opinião de muito boa gente do meio, a função de um copy é atrapalhar. :/

12:00 da tarde  
Blogger Anita said...

Eu tb tenho essa sensação. Mas qts vezes foste tu a ter a ideia sozinho????? (Hummm...se calhar quase sempre)

2:16 da tarde  
Blogger S. said...

Shiiiu, Anita! Senão ainda nos acusam de não sabermos trabalhar em equipa.
Toda a gente sabe que nós não queremos ter as ideias sozinhos, que preferíamos chegar à ideia acompanhados. Como em outros processos da natureza, é melhor que sejam dois a fazê-lo. Daí o nossa aspiração a encontrar o dupla perfeito. :P

3:15 da tarde  
Blogger PubHead said...

Peço desculpa. Mas posso dizer "a" dupla?

8:05 da tarde  
Blogger S. said...

o/a, o que interessa é que seja o par perfeito! ;)

10:39 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home